quinta-feira, 14 de julho de 2016

O Teatro e Seu Duplo


Se existe dor ao nascer,
Por quê não imaginar,
Nesta vida de ambiguidades
Que a morte nos alimente ao contrário?
E exauridos de prazer,
Nos libertemos destas inertes máscaras...

Se alimentamos a morte,
Que a morte nos alimente.
Porquê não imaginar?

Raphael Vidigal

Imagem: Antonin Artaud no filme "A Paixão de Joana D'Arc".

Seja o primeiro a comentar

  ©Caminhos dos Excessos. Template e layout layla-imagem banner: tela de Salvador Dali

TOPO