quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Violetas:


Todas as palavras que eu não falei.
Todo o ódio que eu guardei.

A mariposa,
eu vejo na mariposa,
a meia sobre o asfalto.
O sangue sujando o chão.

Eu só não acredito é num Deus que pune.

uma mariposa,
ela me mostrou que ele morre.

uma Mari posa,
ela me mostrou que Ele morre.

Eu só não acredito é num Deus que pune.

E o mais louco é isso: não há nada que eu quero fazer.
A gente já não quer.
Quem me olha assim, acredita que eu esteja confortável.
E a gente já não quer,
a gente nunca quer

você não é nem superficial,
você é cruel e você se apequena quando isso acontece nessas horas eu gosto de falar de sentimentos.
Ando com um sentimento roxo, não, violeta.

crianças vendendo brincos bijuterias,
chuva tilintando em nossos ouvidos.

Durma com os anjos
durma sem os anjos

Raphael Vidigal

Pintura: Galatea de las Esferas, de Salvador Dalí.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Ana Cristina Cesar:


Minha palavra não é narrativa.
É sugestiva.
Palavras soltas ao mar.
E porquê o mar?
O mar é fundo, o mar é raso.
O mar tem sal, o mar tem ondas.
O mar afoga.
O amar.

O mais feliz é pensar assim: qualquer dia morremos todos.
Nada restará do riso lágrima sol do amor que arde abraço.
No máximo uma poesia ou uma foto digital.
“e amanhã não estarei mais aqui” Marcelo Nova
Um leve cheiro de suicídio me envolve.

Aquele homem na janela: será que é feliz?
Aquela criança que ri pra mim: será que é feliz?

Toda essa fragilidade, essa sexualidade complicada.

A alegria e a descontração escondiam uma alma carregada, confusa e viva.
Uma alma carregada, confusa e viva.
Morangos mofados.

O que te sobra em conteúdo te falta em forma.
Mesmo para mim as poses parecem óbvias.
“Flor e abismo. Flor é abismo." Caio Fernando Abreu
Depois vou escrever sobre isso
depois vou escrever sobre isso.

Um leve cheiro de suicídio me envolve.
Um cheiro de luz.

Raphael Vidigal

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Empostação: um pouco de política


Os discursos do trabalho e da malandragem são sempre bregas em seus lugares de status.

Sempre adoto uma postura opositora à pompa que as pessoas carregam para dizerem se são malandras ou trabalhadoras dependendo do lugar em que atuam.

Realmente não gosto de promoções.

Raphael Vidigal

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Frustração:


Abro os caminhos pra dor
Como se fosse vida

“É melhor viver do que ser feliz.” Vinicius de Moraes

Mais disposto a experimentar fraquezas.

“Mesmo o amor que não compensa é melhor que a solidão.” Vinicius de Moraes

Frustração.
Os remédios que eu tomo pra aliviar meu corpo, aliviam apenas minha consciência.
Nenhuma outra parte.
Parte... como o coração dividido que reparte é acusado de traído.
Tanto alarde.
Por nada.
O que importa além de nada?

“Eu gosto de olhar para os gênios e escutar as pessoas bonitas.” Oscar Wilde

O sublime e o ridículo vivem muito próximos.

“A mulher quando é moça e bonita
Nunca acredita poder tropeçar
Quando os espelhos, lhe dão conselhos
É que procuram em quem se agarrar
E você pra mim foi uma delas
Que no tempo em que eram belas viam tudo diferente do que é
Agora que não mais encanta, procura imitar a planta
As plantas que morrem de pé
E eu lhe agradeço por de mim ter se lembrado
Entre tanto desgraçado que em sua vida passou” Lupicínio Rodrigues

Deixa ele ser feliz o máximo tempo que puder.
A felicidade um dia acaba mesmo.

Não cometa o mesmo erro dez vezes.

Quem se protege tem sempre mais a perder.
O segredo só nos serve de ameaça.
A limpeza pode se sujar a qualquer momento.
A sujeira nunca é limpa, apenas transportada para outro lugar.

É mais fácil eu amar do que gostar de alguém.

“O amor é simplesmente o ridículo da vida.” Herivelto Martins canta Dalva de Oliveira.

A verdade é que não temos tempo.
Toda forma de sofrer é amor.
E eu tenho tido medo...

Amor é sacrifício.
O cinismo é uma ironia mais canalha.
Um jeito discreto de ser canalha.

“A beleza é um acordo entre o conteúdo e a forma.” Henrik Ibsen

Detesto esses preceitos de higiene: o mundo é sangue, fumaça e sêmen.
Me irrita gente que simboliza a higiene.
Correto, limpo, bom.
Bem educado.
Respeita os outros.
Pensa nas pessoas.
Nem parece que veio de Darwin.

A liberdade é prioritariamente um desrespeito.
Respeitando-se os outros não se pode ser livre.

“As outras pessoas são horríveis. Só é possível conviver consigo mesmo.” Oscar Wilde
A fidelidade é uma invenção.
A mulher se enfeita.
-careta?

“Olhava para cima, para a fumaça do cigarro perdida contra o teto manchado de umidade, de mofo, de tempo, de solidão.” Caio Fernando Abreu
É a sensação de estar o tempo todo querendo tirar um gosto ruim da boca.
O fato de alguns sentimentos terem o mesmo nome me atrapalha um pouco, louco!

O homem fala do animal mas é tão imprevisível quanto.

Porque é que trabalho tem que ser sofrimento?
O sofrimento é para as coisas boas. O sofrimento bonito.
Um romance, um amor, um lamento.
Romance e amor são movimentos. Totalmente diferentes.
Romance é imaginação.
Amor existe, e é decepção.
Amor é individual.
Uns têm, outros não.

“O trabalho é o refúgio dos que não têm nada para fazer.” Oscar Wilde

Artista pra mim tem que ser agressivo.
Agressividade não é sentimentalidade.
Maysa era agressiva.
Cazuza, Rimbaud, Dolores Duran, Capote.
Todos agressivos em sua arte.
Em sua música, sua pose e sua poesia.
Agressivos na forma das palavras.
Exalavam visceralidade.
Através do cinismo, da mentira e da verdade.

“Com tamanha carga interior, se não fosse escritor, seria um assassino ou um louco.”
Fausto Wolff sobre Lúcio Cardoso

Eu não tenho noção do tempo lá fora.
Só o tempo de mim passa.
“O menino sozinho brincando de cidades desertas cresceu e quer amar, mas é tão difícil. Eu vou chegar pro analista e vou dizer: eu quero aprender a amar. (...) as músicas revelam muito isso, só que de um jeito sarcástico, debochado e por isso mesmo profundamente triste.” Cazuza

“Caju: fique livre do mundo, aproveite a dor, ame de olhos fechados e se divirta na Terra. Cazuza.”

Tenho tido medo de morrer.
“A poesia é o gemido da solidão” Dilú Melo
Deixa bater.
“qual o cedro que perfuma o machado que o derrubou.” Lupicínio Rodrigues

“Não é só porque ninguém te entende que você é um artista.” Rita Lee
Não é fácil enxergar uma alma sorrateira como a minha.
“Eu sou em pedaços.”Alcione Araújo
Estou morrendo, te amo.
Beijos.

O homem pode controlar o corpo, mas não controla os pensamentos, e os pensamentos podem controlar o corpo.

Raphael Vidigal

Pintura: A Grande Torre, de Giorgio de Chirico.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Poê minha ?

Olhando um olhar antigo lembrei.

A única pena é ela ter se afastado.
Os sentimentos acabaram.

(sobrou saudade)

Sempre
mantive contato
com
as pessoas
com
quem tive ?

ALGUMA COISA DE VERDADE.

Seu único arrependimento é não ter me maltratado.
Melhor do que merecia.
Cínica, ela se vinga.

E à cabeça a pergunta vem: será que a palavra é física?

Raphael Vidigal

Imagem: Tigres-da-tasmânia em cativeiro, supostamente extintos.

  ©Caminhos dos Excessos. Template e layout layla-imagem banner: tela de Salvador Dali

TOPO