terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Queima


A luz
Queimou
Na minha cabeça
Não sei se por desaforo
Ou peleja
Absurdo ou
Física

A luz queimou
Na minha cabeça
Não sei se pressa
Preguiça,
Agora deixa.


Raphael Vidigal

Pintura: "O Monótono Limiar", de Georges Mathieu. 

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Na lata


Sou
Eu
Que
Mato
Deus
Ou
É
O
Deus
Que
Me
Mata
?

Todos os dias no esgoto
Nasce na flor uma lata
Nasce uma flor numa lata

Raphael Vidigal

Pintura: "Light Iris", de Georgia O'Keeffe.

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Macumba


Cada hora em um lugar
Me dói a carne
Me doem os ossos
Dessa vez vou acabar
Virando um facho
Virando um trapo
De luz
De pus
Despacho. 


Raphael Vidigal

Pintura: "Sem título", de Richard Pousette-Dart. 

Tribo


só mesmo o cacique
para abater o touro
só mesmo dormindo
para abater o sono


Raphael Vidigal

Pintura: "Auto-retrato com a mão na bochecha", de Egon Schiele. 

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Indomável


Lá vai o rapagão cheio de vida
Acreditando 
Que há luz ainda
A pele murcha, os olhos cegam
Que algum músculo se eleve


Raphael Vidigal 

Pintura: auto-retrato, de Oskar Kokoschka. 

Claríssima


não vou entrar
no jogo dos capangas
prefiro oferecer uma, duas, três,
quatro bananas
ou até, quem sabe
uma maçã no escuro.


Raphael Vidigal 

Pintura: Raymond Radiguet, de Modigliani.

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Pintura


Eu nunca tinha reparado
Nessa pinta
Será que eu sempre a tive
Será que ela é minha?
Ou será só mais um disfarce
De uma coisa fina?


Raphael Vidigal 

Fotografia: cineasta francês Jean Vigo. 

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Haicai


pinga
o pingo
na pia

a pia
nem um pio
assovia 

Raphael Vidigal

Imagem: obra do artista plástico Guto Lacaz. 

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Judô com Paulo Leminski


parem
eu confesso
sou poeta

cada manhã que nasce
me nasce
uma rosa na testa

parem
eu confesso
sou poeta

só meu amor é meu diabo

eu sou o seu passado


Raphael Vidigal

Foto: retrato de Paulo Leminski , poeta curitibano. 

  ©Caminhos dos Excessos. Template e layout layla-imagem banner: tela de Salvador Dali

TOPO