quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Par Perfeito:


Meu par perfeito, só para começar, precisa de muitos defeitos, no mínimo uns quatrocentos.

Meu par perfeito, em segundo lugar, há de brigar comigo, e se indignar, afinal se não notar os meus “poucos” defeitos, sinal de que não me vê direito.

Meu par perfeito, em terceiro lugar, precisa de várias manias, ter tiques de se irritar e blá blá blá, senão não me conquistará.

Meu par perfeito, quarto lugar, não pode jamais esbanjar: perfeição, confiança e honestidade, caso contrário, logo de cara não irei confiar.

Meu par perfeito, como qualquer outro par, há de ter o que esconder, e sinceramente, não é tudo que quero saber.

Em conversa de surdo-mundo, quase ninguém crê.

Meu par perfeito, quinto lugar, precisa imprecisamente precisar, minha auto-ajuda e proteção, sendo eu IBAMA ele é leão.

Meu par perfeito, pra finalizar, tem que ter o cérebro maior que a barriga, ou então...lombriga!

Raphael Vidigal

  ©Caminhos dos Excessos. Template e layout layla-imagem banner: tela de Salvador Dali

TOPO