quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Perigo:


“Quando a última árvore for cortada,
Quando o último rio for poluído,
Quando o último peixe for pescado,
Aí sim eles verão que dinheiro não se come.” Tatanka Yatanka – Touro Sentado


Capoeira
Naná Vasconcelos
Na ribeira
Um toco
É martelo
Faz do joio
Recolhe-se o trigo
Branda o jongo
Ávidaperigo

Música: “Amazonas”, de Naná Vasconcelos.

Raphael Vidigal

Pintura: “Moisés”, de Frida Kahlo.

2 comentários:

Marcel L. disse...

Eu já conhecia, lindo poema!

Guru do Metal disse...

gostei mais da imagem

http://rocknrollpost.blogspot.com/