sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Ouro nas mãos (poema):


“O Amor, ah o Amor! O quero porque quero da vida.” Oswald de Andrade

O amor é uma COISA que precisa ser cuidada
E a gente constantemente se descuida do Amor
Porque, se você mudou comigo,
Porque a minha arrogância não me deixou perceber que eu mudei com você?
Se você se apaixonou pelo meu lado mais Doce
Mais Puro e mais Extravagante (Exagerado até o fio da meada e o meio da fiação)
Porque se tudo isso é a nossa maior Verdade
A gente deixa a crosta do medo soerguer-se sobre a Vida?
Acomodei-me. Tornei-me preguiçoso, indiferente, ranzinza e deixei de lado
A água que para fluir é Natural e precisa de Força e Vontade
Não adianta as pessoas dizerem que eu sou apaixonante se eu não lhe mostrar o meu
Galanteado, meus bons tratos com as palavras, minha Alegria, meu Riso, a Criança que
Habita feliz o meu destino! (E assim nos damos)
Lembrei-me de sua inteligência que assusta e descobri que o Espanto é Beleza
Veio do seu canto a palavra: Seduzi-la.
Sem dramas é que o pior já passou, sem trevas, sem tristeza
Mas na manhã iluminada desse dia novo.
Uma Maravilhosa Coragem cobriu-me de Prazer e Ingenuidade, Vontade, Vontade,
Vontade de ser Feliz e curtir a tarde,
Proporcionar-lhe o meu Colo e a minha Insanidade,
Todos os meus jeitos mais Puros e mais Fortes
Arriscar a vida em troca do Amor.
O amor é uma COISA
Que precisa ser cuidada
E a gente constantemente se descuida do Amor

Faço um convite, jogo-me no escuro
A coragem é minha companheira.

Vou-me embora pro Topo do Mundo
Viver de brisa com a minha flor.

Esse ouro nas mãos.


Do seu admirador mais que não secreto,


Que o perfume das flores nos encharque,

Raphael Vidigal


Pintura: “Model in Backlight”, de Pierre Bonnard.

8 comentários:

Cuchila Blog disse...

Lindo poema..imagem tbm muito bacana..digo pintura neh kk

www.cuchila.blogspot.com

Pedro Henrique Ramos Costa disse...

Stunning poem, for sure a truly declaration of indulgence - in all the ways it goes. You are able to make it wrong sometimes and you accepted it. Now you can repair the passion she's lost. Or, I wouldn't say "lost", but it might have been conserved and locked in a routine so badly that both have forgotten how to reach it and try to change it. Now the year is gone, it's a new dawn, let's greet the fresh and the new. Your love you keep it safe. The passion will come when you two learn how to deal with time. Friendship is the last weapon. You shouldn't allow it flow by your hands after so many storms. I'm counting on you, my dear and beloved friends.

BEPClub disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
BEPClub disse...

Seguindo =DD

Anônimo disse...

ow... sério. hj vc me fez chorar de verdade.

Anna Carolina Pinheiro Lage

João Batista de Lacerda disse...

Legal, gostei.

Raphael Vidigal disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alessandra Rezende disse...

Lindo!!!

Vamos cuidar do nosso amor.
O sentimento mais nobre que existe.
O amor cultiva tudo que tudo q nao é etéreo, cultiva tudo que amadurece cérebro, engrandece a alma e acalma o coração.