quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Duas Lágrimas


Assim
Chegou
Do coração
Nem tive mais o que dizer
Pra te consolar

Quanto tempo se foi pela vida
Vendavais
Quantas juras eu acreditei
Sem haver jurado

Assim
Nem sei
Mais esconder
Que o que houve um dia entre nós
Chegou ao seu fim

Venho lhe pedir
Que alimente a mágoa
A sós
Pois o meu coração
Achou
A ternura e a paz

Por favor, solte as cordas
Que prendem sãs 
Não se esconde
O amor
Dentro de
Um porão
Sem luz

Não posso esquecer
Tantas lágrimas derramei
Pois tentamos com a ilusão
Segurar esse amor
Que cresceu

Que desabou
Aos poucos
E agora só restamos
Duas lágrimas
Assim, pelo chão


Raphael Vidigal

Imagem: foto de Lígia Jacques, intérprete da canção. 

Seja o primeiro a comentar

  ©Caminhos dos Excessos. Template e layout layla-imagem banner: tela de Salvador Dali

TOPO