quarta-feira, 25 de maio de 2016

Poligamia


O mundo é muito concreto.
A vida é mais abstrata.
A arte não te prepara pro mundo.
Para isso existem as indústrias,
Os telégrafos e as galochas.
A arte ensina o ciúme,
A loucura e a poligamia.
A arte ensina a ser livre,
A desamarrar os cadarços
De uma gelatina,
Torcer os bigodes dum monge tibetano
Responder ao discurso da pátria e da família.
O mundo é pra calcular, tirar carteira de motorista.
A arte te ensina pra vida
E nem todas as suas ciladas.


Raphael Vidigal

Pintura: Obra de William Turner.

Seja o primeiro a comentar

  ©Caminhos dos Excessos. Template e layout layla-imagem banner: tela de Salvador Dali

TOPO