sábado, 12 de março de 2016

O preço da liberdade


O preço da liberdade
São duas solidões
Três ou cinco ausências
E um cordão de isolamento.

O preço da liberdade
é ouro em pó
madeira de lei
e diamante de sangue.

O preço da liberdade
É leite do desejo
Vida entre parênteses
& beijo de gnomo. 

Raphael Vidigal

Escultura: obra de Francisco Brennand.

Seja o primeiro a comentar

  ©Caminhos dos Excessos. Template e layout layla-imagem banner: tela de Salvador Dali

TOPO