sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Fazer o que se espera?


“O movimento das rodas me desanuvia os tendões duros. Os navios me iluminam. Pedalo de maneira insensata.” Ana Cristina Cesar

Alumbraram o deslumbramento
Pede passagem
Assim sem linguagem
Sintaxe do ser
Sentido nicho
Barriga do umbigo

Pectíneo!

Uma a uma
Todas as pessoas
(primeiras, segundas, terceiras)
Eu desapontei.

Raphael Vidigal

Pintura: "Series I, No. 3", de Georgia O'Keeffe.

2 comentários:

Lulis Paz disse...

Bacana teu blog =)

to seguindo, segue de volta e comenta?
www.luliskd.blogspot.com

Cicero Edinaldo disse...

gosto da forma como vc escreve seus poemas. as palavras escondem algumas coisas, assim o leitor busca descobrir o que elas não revelam. parabens!
blogestarcomvoce.blogspot.com