sexta-feira, 7 de outubro de 2011

cenário gestalt:


“Era uma atmosfera de exaustão luxuosa, como uma rosa em flor perdendo as pétalas” Truman Capote

tudo ofertado resta saber pescar no cenário canário belga-irlandês-pátriamada.

A arte te
tira do
conforto.
O problema do ingênuo é o Incômodo (ser pretensioso.)

O problema da ingenuidade é ser pretensiosa.

É impressionante como o ser humano é ridículo
E ainda assim
Não tem humildade

Gestos externos
compensam (a fraqueza) de intentos internos
disso faz-se troça faz-se troço
dá-me troco

poesia é força
das
palavras
ou
ego frágil

Entre a idéia e a ação
há um desmanche
há um deslize
há um desfalque

a gente sabe quando vai morrer
ou a gente sabe quando está morrendo?

Deus ex machina

Música: “Dança das Horas”, de Ponchielli.

Pintura: “Maurice de Vlaminck”, de André Derain.

Raphael Vidigal

Um comentário:

Robson Ojuarah disse...

Deveras muito real e poetico


se possível, visite meu blog

www.semente-terra.blogspot.com