terça-feira, 18 de outubro de 2011

Dedicação:


“Quem faz um poema abre uma janela.” Mario Quintana

Sou homem/mulher de relatos curtos
Não há demérito nenhum nisso
Mario também o era
Apesar da pretensão que tenho,
de ser Clarice

Edson Cordeiro
Edy Star
Lennie Dale
Ciro Barcelos

Guzzy muzzy!

Quero ser como vocês.

“procurei escancarar ainda mais a janela já toda escancarada, e procurava respirar, ainda que fosse respirar de uma amplidão visual, eu procurava uma amplidão.” Clarice Lispector

Pintura: “O Quarto Vermelho”, de Henri Matisse.

Raphael Vidigal

2 comentários:

Cicero Edinaldo disse...

muito legal o blog! adoro poesia e excessos! seguindo!
ps: cara tú sistematiza o texto de forma muito envolvente!parabens!

Bruna M. disse...

Já tinha lido esse. Quintana como sempre muito bom.

Bjo ;)