segunda-feira, 7 de junho de 2010

Vende-se:


“(...) a fantasia é a realidade e a realidade nada significa.” Oscar Wilde

Eu era uma mulher de uns trinta anos com medo da morte.
Solteira, sem filhos, sem nenhum pecado.
Era também uma daquelas que preferia uma cabeça ao invés dum cérebro.
Além disso, gostava de inventar paixões para mim.
Foi quando vi um anúncio numa loja de sapatos em liquidação e percebi:

O AMOR É UMA QUESTÃO DE HABILIDADE.

Raphael Vidigal

Pintura: Marilyn Monroe, de Andy Warhol.

7 comentários:

Fonte Boa disse...

Seja o primeiro a comentar

Foi tentador... Tive que ser o primeiro a comentar.

Também vou me vender.. aposto que você me compra....

Fonte Boa

diego disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
diego disse...

Vende-se uma mulher perfeita, que não fale demais, que não chore demais, que não reclame demais, que não pense demais. Ela vem do século XVI, sabe cozinhar, é boa para ter filhos e aceita todo o tipo de traição.
Ela sabe até amar, mas como todo OBJETO que você compra, ele perde valor depois que algo melhor aparece e esse algo está na nossa cara, é a mulher de hoje, louca, chata, mimada, mas apaixonante.

Viva a loucura, o talento, a capacidade para AMAR ! Palmas para as loucas !!!!!!!!!

Gilberto Ribeiro disse...

Raphael Vidigal, o poeta do nosso tempo.

Pissolato disse...

maneiro o texto brother, a imagem parece com a capa do cd dos ROlling Stones hehe, abraços, comenta la também brother, valeu!

http://palavrasexiladas.blogspot.com

Alessandra disse...

Adorei a parte: "Era também uma daquelas que prefera uma cabeça ao invés dum cérebro"

rsrs

Ricardo Takahashi disse...

Sem pecado, bem Marilyn Monroe msmo rs