sexta-feira, 18 de junho de 2010

Amor I:


"É preciso ser-se Deus para gostar tanto de sangue.” José Saramago

Amor; platônico.
O que se realiza, ás vezes, é a paixão.

Minha criatividade é recriar o novo, criar o antigo.

O amor é uma redenção.
O amor é uma rendição.

E essas coisas não acontecem jamais.

Raphael Vidigal

Pintura: Três mulheres, de Pablo Picasso.

3 comentários:

Pissolato disse...

O amor é raríssimo, quase inexistente! Abraços!!

Alessandra Rezende disse...

Amor é uma rendenção... gostei!! =)

olha esse trecho de José Saramago q encontrei aqui também:

"Se tens um coração de ferro, bom proveito.
O meu, fizeram-no de carne, e sangra todo dia".

José Saramago

Ricardo Takahashi disse...

3 mulheres?! Esse Picasso eh um tarado.