sexta-feira, 7 de outubro de 2016

As Mil e Uma Noites de Sono


Quando sonho sou Napoleão
Desbravo os mares, travo e
Venço batalhas contra os leões.

Quando sonho sou amante
Inveterado, de mil e uma
mulheres, sedentas por meu amor.

Quando sonho tenho mil
Escravos, olhos verdes e
O Tejo por meu pastor.

Mas quando acordo sou apenas poeta de outros mundos...



Raphael Vidigal

Pintura: Obra de Georges Seurat.

Seja o primeiro a comentar

  ©Caminhos dos Excessos. Template e layout layla-imagem banner: tela de Salvador Dali

TOPO