sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Clamor


Quando a noite desce,
Eu ascendo.
Quando o sol apaga,
Eu soneto.
Quando a aurora coloca as estrelas pra dormir,
Eu me acendo,
Eu SOLFEJO,
Eu me alivio num clamor sem fim.

Raphael Vidigal

Imagem: foto da cantora Valesca Popozuda.

Seja o primeiro a comentar

  ©Caminhos dos Excessos. Template e layout layla-imagem banner: tela de Salvador Dali

TOPO