terça-feira, 6 de setembro de 2011

Concretizando Nietzsche:


Em busca

Em torno

Adiante

Entorto

Entorno

Quando?

Meu tempo é

Ando

“Venho hoje porque hoje me convém. Acha todo aquele que vem para sempre.” Nietzsche

Pintura: “Permutações”, de Antonio Maluf.

Raphael Vidigal

3 comentários:

Anônimo disse...

influencias de ciclo anti-horario hein ... rs
Viajemos meu caro ! sem tempo humano, sem tempo espaço ... viajemos como humanos no espaço.

Rodrigo Aroeira Braga

Carolina Lima disse...

Bem intenso!!!
Gostei bastante de seus textos e do blog. O design tá ótimo!!
*__*

Cícero Barbosa disse...

muito
bacana
seu
poema