segunda-feira, 8 de maio de 2017

Resíduo


Aceita as ilusões
e a dor que elas te trazem
Sempre fica alguma coisa
na derrota, no naufrágio
como o tártaro no dente
como a crosta que se instaura
como o lodo em nossos lagos –
o que há no fim do copo
é tão somente a ilusão materializada
pois bebe o vinho
e junto engole a vã ressaca –
que é dos mares: ou deixa que o concreto anestesie a sua alma


Raphael Vidigal

Imagem: Obra de Adriana Varejão.

Seja o primeiro a comentar

  ©Caminhos dos Excessos. Template e layout layla-imagem banner: tela de Salvador Dali

TOPO