sábado, 9 de junho de 2012

Poesia infantil:



“manchados por esses brilhos úmidos, mudavam de cor com a alacridade de camaleões:” Truman Capote

Se falo na clareza
Perco na escuridão

Se foco na rudeza
Vergo na emoção

Se falto no amor
Culpa do coração

Raphael Vidigal

Pintura: “Amarelo, Vermelho, Azul”, de Kandinsky. 

2 comentários:

Guru do Metal disse...

boa poesia

André Ferreira Machado disse...

Bela retratação das ações e reações cotidianas! Parabéns!