quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Lembranças, recordações...


Aprender a coalhar o sol; a se ajeitar sobre as nuvens.
Tirar um coelho da cartola.
Amar o coelho.
Ser como o canto dos passarinhos.
Ter no coração todos os caminhos.
Lembrar com saudade daquele caminho.
E sobretudo rir muito, ser mais alegres.
É bom, sim, guardar o que foi bom.
A nostalgia é um presente para acreditar que a vida pode ser melhor do que a realidade.


Raphael Vidigal

Pintura: obra de Paul Klee. 

Seja o primeiro a comentar

  ©Caminhos dos Excessos. Template e layout layla-imagem banner: tela de Salvador Dali

TOPO