terça-feira, 2 de junho de 2015

Jogos de poder



O artista e seu mecenas

                                   Vivem em cabo de guerra
            Um pela audiência
                        O outro pelo poema.

            O artista quer da
            Poesia
            Algo lindo,
                        Impalpável,
                                               Etéreo

O mecenas quer da audiência
Uma prova concreta, multiplicável, externa.

                        Nenhum tem o consentimento
                                   Nem de Deus nem da família

A pátria em que eles vivem

Chama-se ilha de Tebas.

Raphael Vidigal

Pintura: obra de Delacroix. 

Seja o primeiro a comentar

  ©Caminhos dos Excessos. Template e layout layla-imagem banner: tela de Salvador Dali

TOPO