quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Amor de morte entre duas vidas:


-eu ás vezes acho que já sofri demais cara.sabe essa coisa?as pessoas acham que eu tô sempre alegre, rindo...
e eu na maioria das vezes tô mal cara.mal com a vida, mal comigo...
eu ás vezes acho que o meu corpo se acostumou com a dor...
ás vezes acho que vou acabar me matando...

-...eu também.queria te pedir desculpas por esse meu silêncio alto que me ataca nas noites de domingo e nas manhãs de sábado,mas é que eu sinto uma verdade interior que me mata...

-tudo bem cara.eu gosto de estar só quando tenho esta opção.

-sabe quando um gosto azedo e com caroço te vem à boca?não é fácil quando a gente sabe que não tem escolha.





Raphael Vidigal

Pintura: Estrela Azul, de Joan Miró.

4 comentários:

Polly disse...

Vc me faz chorar!
"eu ás vezes acho que o meu corpo se acostumou com a dor... "
agnt NÃO deve se acostumar.
Pronto,comentei....=/

Polly disse...

Vc me faz chorar!
"eu ás vezes acho que o meu corpo se acostumou com a dor... "
agnt NÃO deve se acostumar.
Pronto,comentei....=/

Ricardo Takahashi disse...

A pintura é uma estrela azul? Q bala foi essa? Não consigo ver nem com reza braba.

Ricardo Takahashi disse...

Eu ás vezes tb finjo sou feliz, só pra enturmar sabe?
Mas a verdade é q nao gosta de pessoas muito felizes e q falam d+. Isso é um porre