quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Revolta das Madeiras


Durante a Revolta das Madeiras, Monsenhor Aroeira,
Quebrou um galho no sentido figurado,
E deu um pau nas tropas inimigas no sentido concreto.
Daí nasceu a expressão, que ‘Aroeira é pau de dar em doido!’.
Ele se ouvisse isso hoje em dia, do jeito que anda rabugento,
Passava um sabão no insolente.


Raphael Vidigal

Pintura: "Brincadeiras de criança", de Pieter Bruegel, o Velho. 

Seja o primeiro a comentar

  ©Caminhos dos Excessos. Template e layout layla-imagem banner: tela de Salvador Dali

TOPO