quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Elogio à Indecência:


É meio óbvio isso que eu vou dizer, mas talento e sucesso não têm nada a ver.
Existem pessoas talentosas
e as bem intencionadas.

“Nos dias de hoje nada produz tanto efeito quanto um bom chavão. Torna o mundo inteiro uma grande família.” Oscar Wilde

Se você quer envelhecer rápido é só seguir os conselhos da sua mãe.
Nunca siga os conselhos da sua mãe.

“Sempre passo adiante bons conselhos. É o que se pode fazer com eles. Nunca têm nenhuma utilidade para nós mesmos.” Oscar Wilde

Existe palavra mais bonita do que “degeneração”?
Degenerado, talvez Os sonhadores: quando se vê esse filme cria-se afetividade por eles.
Bertolucci tem razão. Eva Green é a beleza indecente. Principalmente em cena. Principalmente Isabelle. Principalmente cigarro caindo da boca batom vermelho. Cigarro caindo da boca sem nenhum medo, sem mesmo pêlo.
Essa beleza rococó de ser triste.
(Em Bertolucci) o conceito justifica tudo. O contexto (não) justifica nada (tudo).

“de tão feliz que me sinto, tenho certeza que não tenho mais nenhum caráter.” Oscar Wilde

Nenhum gênio que se preze se mantém saudável.

“Entre os Loucos, os Mortos e as Crianças,
É lá que eu canto, numa eterna ronda,...” Mario Quintana
“E no meu romantismo vagabundo” Mario Quintana

Não pertenço a nenhum meio, a nenhum movimento, eu sou, no máximo, um gênero.
O mundo é essencialmente comparativo.
Só se é bom ou ruim comparado ao outro.
O futebol é cada vez mais esporte e menos espetáculo.

“Eu não gosto de princípios, pai. Prefiro preconceitos.” Oscar Wilde
Geração Estética não tem nada a ver com Geração Saúde.
O sexo ficou decente.
Beleza tornou-se uma conservação (convenção).
Vem enlatada e coreografada. Igual Axé.
Eu acho que ela tem verdade nesses olhos fundos.

A gente se vê diferente.
Se ouve diferente.

Se sente diferente.

“E, por não serem mesquinhos, passavam por cima do fato de terem muita facilidade para mentir – como se o que realmente importasse fosse apenas a sinceridade da imaginação.” Clarice Lispector

Eu me irrito se me imito.
“Esta carcaça miserável de sonho...” Mario Quintana
“é um jovem agitado cuja língua parece uma concha a remexer o caldeirão do escândalo.” Truman Capote

Sou só, um prosaico poeta em prosa.
“Um poema sem outra angústia que a sua misteriosa condição de poema.
Triste.
Solitário.
Único.
Ferido de mortal beleza.” Mario Quintana

Amor solitário.
Quem nunca foi Édipo na vida não conhece a vida.
Insuportável. Como qualquer pessoa minimamente inteligente.

“o barulho do mar sussurra sono, é a pré-estréia do paraíso.” Truman Capote
O mar balança e chora.
O sal são as lágrimas do mar.
O choro são as memórias de um par.
“As ondas são chinesas, mas a terra é coisa dos índios. Tão essencial como as rochas no deserto são os índios no deserto da ´história`.” Jack Kerouac

Está aqui dentro
Mais com você
Do que comigo

“como um catavento que perdeu as asas!” Mario Quintana
Estou com uma sensação estranha de não pertencimento a meu corpo. Não posse.
Em busca de uma realidade infinita, infinitiva...
O bonito é que é estranho...
Preciso de nós dois porque para mim não há distinção entre máximo e necessário.
“Eu nunca vou conseguir amar com calma.” Maysa

Eu sou um avião
Que decola, voa
E pousa
Sem sair do ar...

O amor é assim:
Se 1 quer, todos brigam.
O amor é autoritário.
“os homens conseguem amar o que está abaixo deles” Oscar Wilde

Não gosto ; Que ninguém tenha medo de mim.
Talvez eu não goste do amor.

Raphael Vidigal

5 comentários:

FNORD! disse...

Gostei do teu blog!

thayana disse...

Vidii... sem noção do quanto vc é bom! Torço demais por vc! Te adoro!

M. van Petten disse...

"Amor solitário.
Quem nunca foi Édipo na vida não conhece a vida."

GENIAL.

Cara, muito foda os textos.

Diego Scorvo disse...

WILDE, BERTOLUCCI, CAPOTE, QUINTANA, LISPECTOR e por fim o AMOR.

Mundos diferentes, iguais, opostos e semelhantes. Tudo no mesmo texto, na mesma idéia. Mas que idéia?
Se fosse tão fácil assim, não seria PH.

ABRAÇO

Ricardo Takahashi disse...

Sem pudor.Sem frescuras.O pau quebra